CONDESSA

Nome científico: Annona reticulata L. Nomes populares: condessa, anona-lisa, coração-de-boi, bullock’s-heart, custard apple, soursop, anon-colorada. Família botânica: Annonaceae Distribuição geográfica e habitat: nativa de regiões da América Central e das Antilhas, sendo encontrada em países como Belize, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Peru, Venezuela, Índia, Madagascar, Gabão e China. Características gerais da condessa A planta mede até 7 a 8 m de altura, é muito ramificada desde a base. Tronco:…

Continue reading

Lacucha

Nome Científico: Artocarpus lakoocha Wall. ex Roxb. Nomes populares: Lacucha, jaca-de-macaco. Família Botânica: Moraceae Distribuição Geográfica e Habitat: Originada na Índia, na região sub-himalaia, em áreas úmidas e tropicais. Encontrada em Burna, Índia, China, Laos, Nepal, Vietnam. Foi introduzida recentemente no Brasil sendo, somente conhecida por colecionadores de frutas.     Características Gerais: A planta mede até 10 m de altura, é caducifólia e monoica. Folhas: simples, coriáceas, brilhantes na face superior e pubescentes na inferior.…

Continue reading

CAJÁ-MIRIM

  Nome científico: Spondias mombin L. Nomes populares: cajá, cajá-mirim, cajá-pequeno, cajarana, cajazinho, acaíba, acajá, taperebá, taperebá-miúdo Família botânica: Anacardiaceae Distribuição geográfica e habitat: ocorre na América tropical. No Brasil, é comum no Norte e Nordeste adaptando-se bem no Sudeste. Ocorre principalmente na Floresta Ciliar ou Galeria, Floresta de Terra Firme, Floresta Estacional Semidecidual e colonizando áreas antrópicas. É encontrada isolada ou agrupada, notadamente em regiões da Amazônia e da Mata Atlântica, e nas zonas úmidas dos…

Continue reading

CHAMPEDAKE

Nome científico: Artocarpus integer (Thumb.) Merr Nomes populares: champedake, champedaque, xampedaque, chempedak. Família botânica: Moraceae Distribuição geográfica e habitat: originária da Malásia e da Indonésia. Introduzida recentemente no Brasil, não sendo muito conhecida nos trópicos americanos. É também pouco produzida na Índia. Geralmente, ocorre em altitudes até 1.300 metros.     Características gerais: planta de até 20 m de altura, vigorosa e de folhas grandes. A árvore é semelhante à jaqueira em formato e altura de…

Continue reading

CEREJA-DO-RIO-GRANDE

Fotos de autoria de João A. Bagatini (esquerda) e Gustavo Giacon (inferior à direita)   Nome científico: Eugenia involucrata DC. Nomes populares: cereja-do-rio-grande, cereja-nativa, cereja-do-uruguai, cereja-do-mato, araçazeiro. Família botânica: Myrtaceae Distribuição geográfica e habitat: ocorre de forma natural no Brasil, na Bolívia, na Argentina, no Paraguai e no Uruguai. No Brasil, ocorre desde São Paulo até o Rio Grande do Sul, nas formações florestais do complexo atlântico e nas florestas e cerrados da bacia do Paraná. Ocorre ainda…

Continue reading

SAPUCAIA-MIRIM

Nome Científico: Lecythis lanceolata Poir. Nomes populares: sapucaia-mirim, sapucaia-miúda, sapucaia, sapucaia-branca, sapucaú, monkey pots. Família botânica: Lecythidaceae Distribuição geográfica e habitat: espécie endêmica do Brasil, ocorrendo na mata pluvial Atlântica desde Pernambuco até o Rio de Janeiro. Características gerais: árvore decídua de 12 a 28 metros de altura. O tronco é cilíndrico, reto, com casca grossa, longitudinalmente fissurada, pardacenta. Folhas: subcoriáceas, glabras, margens serreadas. Flores: róseas, dispostas em inflorescências racemosas. Frutos: é um pixídio lenhoso, contendo…

Continue reading

Cajá-redondo

Nome Científico: Spondias macrocarpa Engl. Nomes populares: Cajá-redondo. Família Botânica: Anacardiaceae Distribuição Geográfica e Habitat: É uma fruteira nativa na Mata Atlântica de tabuleiro do Espírito Santo, Zona da mata de Minas Gerais e Sul da Bahia. Característica da Floresta Ombrófila Densa.        Características Gerais: Árvore caducifólia, de 8 a 14 metros de altura e 30 a 50 cm de tronco. O tronco é  ereto, revestido por casca rugosa, fina. Folhas: compostas, imparipenadas, folíolos cartáceos,…

Continue reading

CABELUDINHA

Nome científico: Myrciaria glazioviana (Kiaersk.) G.M.Barroso ex Sobral Nomes populares: cabeludinha, cabeluda, peludinha. Família botânica: Myrtaceae Distribuição geográfica e habitat: nativa do Centro-Leste brasileiro, cultivada em pomares domésticos, ocorre principalmente na Floresta Ombrófila Densa. Características Gerais da Cabeludinha A planta é um arbusto de porte médio a baixo, com hábito de crescimento esgalhado e com ramos longos dando um aspecto típico à copa, chegando ao chão com forma arredondada. Tronco: cilíndrico, podendo ser tortuoso, ramificado,…

Continue reading

Monguba

Nome científico: Pachira aquatica Aubl. Nomes populares: monguba, mamorana, castanha-das-guianas, cacau-selvagem, castanha-d’água e, em inglês, money tree (árvore do dinheiro). Família botânica: Malvaceae Distribuição geográfica e habitat: no Brasil, é característica das matas inundáveis do litoral do Pará até o Maranhão. Encontrada também nos seguintes países:  Belize, China, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Guianas, Honduras, México, Panamá, Peru, Suriname e Venezuela. Características gerais: Tronco: curto, levemente fissurado. Folhas: compostas, palmadas, com 3 a…

Continue reading

Castanha-das-guianas

Nome Científico: Pachira aquatica Aubl. Nomes populares: Monguba, mamorana, castanha-das-guianas, cacau-selvagem, castanha-d´água. Família Botânica: Malvaceae Distribuição Geográfica e Habitat: No Brasil, é característica das Matas inundáveis do litoral do Pará até o Maranhão. Brasil, Belize, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guianas, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Peru, Suriname, Venezuela, China. Características Gerais: Tronco: curto, levemente fissurado. Folhas: compostas, palmadas, com 3 a 9 folíolos glabros, curto-peciolulados. Flores: solitárias, formadas na extremidade dos ramos, com longos…

Continue reading