CAUABORI

Nome científico: Coccocypselum lanceolatum Nomes populares: cauabori, frutinha-azul, veludinho-rasteiro, azulzinha-do-bosque Família botânica: Rubiaceae Distribuição geográfica e habitat: ocorre no sub-bosque de vegetação mais densa dos cerrados e nas capoeiras em morros da Mata Atlântica. Tem vasta distribuição desde o sul do México até a Argentina, aparecendo em quase todo Brasil.   Características gerais da cauabori Planta: é uma erva rasteira totalmente velutina (como se estivesse coberta de veludo). Folhas: as folhas e estípulas são hirsutas,…

Continue reading

Guaburiti

Autores das fotos: tronco (inferior à esquerda), Emílio Ruiz; flores (inferior ao centro), Gerson L. Lopes; frutos (fotos superior e inferior à direita), João A. Bagatini.   Nome científico: Plinia rivularis (Cambess) Rotman Nomes populares: guaburiti, jaburiti, guaramirim, cambucá-peixoto, jaboticabarana Família botânica: Myrtaceae Distribuição geográfica e habitat: cresce nas matas de galeria do norte no Uruguai, Argentina, Brasil e Paraguai. Nativa da Mata Atlântica, no Brasil. Típica de zona ripária crescendo no litoral do Sul e…

Continue reading

Manipoyba

(Foto da flor: Gustavo Gaicon; demais fotos: Wikipedia) Nome científico: Swartzia langsdorfii Nomes populares: manipoyba, banha-de-galinha, pacová-de-macaco, jacarandá-banana, jacarandá-de-sangue, banana-de-papagaio. Família botânica: Fabaceae Distribuição geográfica e habitat: espécie endêmica do Brasil, perenifólia, esciófita, com distribuição irregular, descontínua e de muito baixa frequência. Tem ocorrência confirmada na região Sudeste , nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, no bioma Mata Atlântica, em vegetação do tipo Floresta Ombrófila, principalmente na Serra do Mar. Características gerais da manipoyba A árvore atinge de 8 a 4 m…

Continue reading

JABUTICABA-DE-CIPÓ

  Nome científico: Diclidanthera  laurifolia Mart. Nomes populares: abutua-grande, parreira-brava, uva-da-mata, batata-brava e butua. Em tupi é conhecida como ibátyrama, ou fruta de ramalhete. Família botânica: Polygalaceae Distribuição geográfica e hábitat: planta de capoeiras, ocorrendo do Espírito Santo até o Paraná e em Minas Gerais, em cerradões e matas semidecíduas. Na Mata Atlântica, ocorre  no litoral. Características gerais da jabuticaba-de-cipó Nativa do Brasil, a planta é uma trepadeira, que cresce sobre árvores ou arbustos, sarmentosa,…

Continue reading

11 frutas da Mata Atlântica que poucos conhecem

A devastação da Mata Atlântica ao longo dos séculos levou à quase extinção de uma série de fruteiras nativas. Onze delas, muito comuns na região à época do descobrimento, mas que ainda podem ser encontradas, são brevemente apresentadas nesta nota.

Continue reading

Frutas nativas são esperança para produtores do ES

Já ouviu falar em uvaia, juçara, cabeludinha, grumixama ou araçá-una? Essas são algumas das frutas nativas da Mata Atlântica que, por causa do intenso processo de derrubada das nossas florestas, praticamente desapareceram do território e do cardápio do capixabas.

Continue reading

Castanha-do-pará

Nome científico: Bertholletia excelsa Bonpl. Nomes populares: castanha-do-pará, castanheira, castanha-verdadeira, castanha-do-brasil, amendoeira-da-américa. Família botânica: Lecythidaceae Distribuição geográfica e habitat: nativa da região amazônica, em áreas não inundáveis, nas florestas de bosques altos, também ocorrente na mesma região boliviana e peruana, além de outros países como Colômbia, Venezuela, Suriname, Honduras e Guianas. Características Gerais da Castanha-do-Pará É uma árvore de grande porte, podendo medir até 60 m de altura, com tronco de 100 a 180 cm…

Continue reading

SAPUCAIA

  Nome científico: Lecythis pisonis Cambess. Nomes populares: sapucaia, castanha-sapucaia, sapucaia-vermelha, cumbuca-de-macaco, caçamba-do-mato. Família botânica: Lecythidaceae Distribuição geográfica e habitat: espécie endêmica do Brasil, ocorrendo principalmente na Floresta Ombrófila Densa e também colonizando áreas antrópicas. Nativa na região amazônica até as Guianas, ocorre na Mata Atlântica, do Ceará ao Rio de Janeiro, sendo também encontrada na Bahia e no Espírito Santo. Outras sapucaias ocorrem no mesmo ecossistema, chamadas de sapucaia-mirim, uma do Amapá, a sapucaia-do-amapá,…

Continue reading