30 de janeiro de 2017

DANOS DAS PODRIDÕES PÓS-COLHEITA EM CITROS

As técnicas de manuseio e conservação de frutos têm recebido grande atenção nos últimos anos, pois os danos em pós-colheita podem superar 20%, decorrentes principalmente de doenças. Em frutos cítricos coletados em packing houses paulistas, a incidência de podridões superou os 14%, após duas semanas de armazenamento a 25º C.