26 de julho de 2021

Nov – Simpósio paranaense de Fruticultura

IV Simpósio Paranaense de Fruticultura, evento que acontecerá em Curitiba de 3 e 5 de novembro. Estão abertas as inscrições para o IV Simpósio Paranaense de Fruticultura, […]
25 de julho de 2021

BOLETIM 22/2021
Tema desta edição:
Laranja azeda –
características e usos

A laranja azeda tem sido utilizada principalmente como porta-enxerto e na culinária, pois a acidez de sua polpa inibe seu consumo ao natural e em sucos.
25 de julho de 2021

42ª Semana da Citricultura, 46ª Expocitros e 52º Dia do Citricultor

IAC apresenta as principais pesquisas do setor citrícola. Ao todo, serão 24 apresentações e seis salas interativas em formato digital.
15 de julho de 2021

Macaúba: uma palmeira nativa na Bioeconomia

Diversos estudos indicam que o atual modelo econômico gerador de resíduos, descartes e poluição tenderá a ser gradualmente substituído por uma economia limpa, de base biológica […]
13 de julho de 2021

BOLETIM 21/2021
Um retrato da citricultura
no Brasil, no México e
nos Estados Unidos

O Departamento de Citrus da Flórida publicou um relatório da citricultura dos EUA, Brasil e México, principais atores no mercado mundial de suco de laranja.
12 de julho de 2021

UFSCar e Instituto Agronômico produzem mudas de abacaxi in vitro

Uma variedade de abacaxi que não precisa ser descascado, com gomos destacáveis, e outra resistente a uma das principais pragas da fruta, a fusariose: as inovações […]
22 de junho de 2021

BOLETIM 20/2021
Nota técnica: Amoreira-preta

A pesquisa com amora-preta (blackberry) teve início em Pelotas, em 1972, na então Estação Experimental de Pelotas – EEP, com objetivo de oferecer novas opções de cultivo aos pequenos produtores.
15 de junho de 2021

MARACUJÁ
Zoneamento agrícola indica melhores épocas para o plantio do maracujá

O maracujá é produzido em todas as regiões brasileiras, tendo limitações apenas nas áreas mal drenadas e nas áreas sujeitas a geadas.
14 de junho de 2021

BOLETIM 19/2021
Pitangueira: resultados preliminares

As plantas das fruteiras nativas quando crescem livremente podem atingir vigor cuja altura dificulta qualquer tipo de manejo e principalmente a colheita.