Achachairu ainda é pouco conhecido no Brasil 17 de maio de 2020 – Tags:

Luiz Carlos Donadio

Em cada época do ano, há sempre cerca de cinco a oito frutas em produção, o que assegura seu fornecimento à família, aos amigos e funcionários e ainda à fauna local. Entre fevereiro e março, há produção de várias frutas, tais como as comuns: carambola, coco, sapoti, manga, pitaya, banana, mamão e outras. Entre as novas frutas, o achachairu produz  nessa mesma época, até o fim de abril.

achachairu

O achachairu, planta originária da Bolívia, da espécie Garcinia  laterifolia,  família Clusiaceae, tem-se difundido, embora ainda seja pouco  conhecida.

É da mesma família de algumas frutas nativas, tais como bacupari, bacurizinho e outras, como a exótica mangustão, de excelente qualidade.

A planta é vigorosa, mas de porte médio, lactífera, com folhas verdes, simples, glabras e coriáceas, com brotação no verão. Suas flores são completas ou masculinas, e ocorrem em fascículos axilares, nos ramos dentro da copa, dando frutos no centro da mesma.

Os frutos são médios, com cerca de 30 g e amarelo-alaranjados, quando maduros, com uma ou mais sementes, grandes, no centro. Sua polpa é saborosa, adocicada, subácida e branca. Adaptou-se bem no estado de São Paulo, produzindo em final de fevereiro até meados de abril, com florada na primavera. O fruto tem boa conservação pós-colheita, pela sua casca grossa e firme.

Mais informações: https://www.todafruta.com.br/achachairu/