Fruthos

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

O QUE VOCÊ PROCURA?


2- O MARACUJÁ PODE SER PODADO

11/07/2002 - Maracujá do Plantio a Colheita. Funep,1998, p.93

Saiba mais sobre:
Maracujá
Enquanto para outras espécies frutíferas a fisiologia é mais conhecida, para o maracujazeiro este processo está apenas se iniciando. Pesquisadores como SIMON & KARNATZ, 1983; MENZEL et al. 1987; UTSONOMIYA, 1992 estudaram o efeito da temperatura sobre o crescimento de ramos vegetativos, indução floral, antese de flores, frutificação e absorção de nutrientes em plantas de maracujazeiro. MENZEL et al. (1993) avaliaram o modelo de crescimento vegetativo e reprodutivo e os níveis de nutrientes em folhas de maracujazeiro. Saber sobre o movimento de fotoassimilados e das relações fonte-dreno é também de grande importância para a orientação de podas de frutificação, limpeza, desbrota, etc.

Como até o momento não se conhece relatos sobre o movimento dos fotoassimilados nos ramos do maracujazeiro, o que propiciaria uma orientação mais segura para a realização da poda de renovação, infere-se que os ramos que já produziram e, portanto, já utilizaram as gemas floríferas devem ser eliminados para que as gemas vegetativas originem novos ramos e, consequentemente, venham a florescer e frutificar.



Envie essa notícia para um amigo.

Seu nome:    Seu e-mail:

Nome do amigo:    E-mail do amigo:

Mensagem(opcional):



COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário

Nome:

E-mail:


Comentário:



0 comentário(s):


Soloeste

Gráfica Santa Terezinha

Caliman

Multiplanta

Fruteza

Fruticultura

Funep

Revista Brasileira de Fruticultura